Contos e afins => Velho Zé

velho zéLevantou com o pé direito, como há muito Astorga não via. Pegou o lencinho da sorte e rua afora saiu. Feliz da vida e sorrindo, mandou abraço até pro desaforado e desafinado gaiteiro.

A Vila estranhou o Velho Zé de paletó. Gravatinha azul turquesa e tudo mais. Beca bonitinha, limpinha. Horas dando o nó. Seu par de meia, outrora tão doente, curou-se. Não mais ficaria só.

Cinco longos meses ranzinza e descalço, sem ninguém pra se aconchegar. Zé tava saudoso, esperando a Mé voltar. Apressou-se, não podia demorar. Ela tava pra chegar.

Chegou à rodoviária com um buquê de rosas na mão. Na recepção, surpresa: Jorge Moura, o doutor, beijando-a na descida do busão.

Céu enegrecido. O Velho pediu explicação. “Simplesmente aconteceu”, ela disse. “Não tive a intenção”. Enquanto isso, pianinho, o fura-olho da saúde apenas observava.

Correndo mais que desgraça, uma multidão justiceira se formou. “Ô Zé, larga mão de ser frouxo! Derruba o cara no chão!”. Personificando o antídoto ao álcool, o traído lembrou todos os dias de solidão.

Cento.

E.

Cinquenta.

E.

Três.

O que os olhos não veem, o coração imagina e fotografa. Ventrículos e átrios decorados com a farra da consorte e do dotô.

O sangue subiu.

Pegou a bengala e mandou bala. Na cara. O povo aplaudiu. Jorge Moura estatelado no chão. Zé se pôs a fugir. Tirou o paletó de sangue manchado e atirou num matagal. Sequer olhou pra trás. Desabalou carreira.

Nunca mais dele a Vila soube. Há quem diga que foi visto jogando buraco em Santa Fé. Mé não bota mais o pé pra fora. Jorge Moura?

Largou tudo, mudou-se pra Bahia e esqueceu a medicina. O chamam agora de “pai do Ribery”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s