As 5 melhores tretas envolvendo Pelé fora dos campos

PeléEdson Arantes do Nascimento foi um atleta incontestável – dentro das quatro linhas. Fora delas, porém, o maior jogador de futebol de todos os tempos provou-se um encrenqueiro de marca maior.

Pensando nisso, o It’s not only Rock foi atrás dos momentos em que o rapazinho se meteu em rolos homéricos, e montou um top 5 muy maroto.

Confira agora As tretas de Pelé:

5 – A ira de Galvão Bueno

Pelé e Galvão abraçados, comemorando loucamente o tetra em meio ao calor norte-americano. Esta imagem ficou na história após a Seleça bater a Itália na final da Copa de 1994. Igualmente histórica, também, é a irritação do narrador com a milonga do então comentarista da Globo, registrada após empate com a Suécia, ainda na primeira fase.

(A coisa fica boa a partir de 2:56)

4 – Racismo envolvendo Aranha

Comentando o episódio entre Aranha e uma torcedora gremista, o Rei considerou que o goleiro, chamado de “macaco” durante partida da Copa do Brasil de 2014, fez mal ao reagir.

3 – Duelo com Maradona

Ok, essa é muito mais uma forçação de barra maradonística do que qualquer outra coisa. Mesmo assim, as alfinetadas d’El Pibe fazem parte dos anais do universo boleiro. Em 2013, o argentino usou até Ayrton Senna como argumento em seu favor.

http://www.foxsports.com.br/videos/54848067837-maradona-provoca-pele-fui-o-melhor-de-todos-ele-o-segundo

2 – “Compensar o que foi roubado nos estádios”

Faltando 10 meses pro início da nossa Copa do Mundo, o guri criticou a postura dos brasileiros, evidenciada nas manifestações de 2013. Em entrevista, o ex-atleta convocou a população a arrecadar dinheiro pro turismo, a fim de compensar o que foi roubado na construção dos estádios do Mundial. Exatamente nestas palavras.

1 – Poeta calado

O primeiro lugar era barbada. De longe, a resposta mais inesperada de alguém a uma crítica disparada pelo Rei. Além de envolver um dos mais folclóricos e talentosos atacantes que tive o prazer de ver jogar, a frase antológica (aliada a outras farpas não menos sensacionais) foi dita justamente no dia do meu aniversário, em 2005.

Baita presente. Valeu, Peixe!

(A coisa fica boa a partir de 0:39)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s