1960 => moedinha tira Coritiba da Taça Brasil

coritiba x gremio Taça Brasil 1960Dizem que há coisas que só acontecem com o Botafogo. Frase de verissimilhança inegável. Engana-se, porém, quem pensa que o divino reserva infortúnios estrambólicos somente à Estrela Solitária. Em 1960, foi o Coritiba que acabou agraciado com uma dessas anedotas do destino futebolístico.

Campeão paranaense na temporada anterior, o Alviverde garantiu presença na Taça Brasil (competição nacional da época). O torneio era dividido em etapas regionais, e a equipe chegou à final do Grupo Sul, decidindo uma vaga na próxima fase contra o Grêmio.

Na ida, em Curitiba, 1×1. Na volta, um épico 3×3, no qual os visitantes estiveram três vezes atrás no marcador.

Dois dias adiante, jogo extra no estádio Olímpico. Coxa e Tricolor novamente iguais: 1×1, com prorrogação e tudo.

O que fazer pra decretar o vencedor, então? Disputa por pênaltis? Nada. O regulamento previa desempate via cara-ou-coroa.

Cara, Coritiba.
Coroa, Grêmio.

Deu coroa.

Hamílton, goleiro do Cori nos cotejos, afirmou que nos penais daria Verdão. Se ele estava certo, entretanto, nós pobres mortais jamais saberemos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s