Londrina, 1977: o primeiro paranaense no Top 4 de um Brasileirão

londrina 77Nos tempos da ditadura, o Campeonato Brasileiro implementou os regulamentos mais malucos da história do futebol. Inchado, o meninão era repleto de fases, repescagens, chaveamentos e mata-matas.

Confusões à parte, foi justo numa destas edições estrambólicas (1977) que o Londrina mostrou a força da bola paranaense. Recuperou-se de um início conturbado, deixou grandes pelo caminho e se tornou o pioneiro do Estado a ficar entre os quatro melhores de um Nacional.

Começo tenso

Apenas 62 clubes participaram da primeira fase daquele certame, dispostos em seis grupos. O Tubarão caiu no D, ao lado de Botafogo, Vasco, Goytacaz, Brasília, Americano, Goiás, Atlético-PR, Goiânia e Vila Nova-GO.

Valendo cinco vagas, todos jogaram entre si. Turno único. O LEC, porém, não teve muito do que se orgulhar. Ficou em oitavo e rumou à repescagem, junto com os outros quatro últimos da chave. Destes, um avançaria à fase seguinte.

A confiança estava tão baixa que os diretores do alviceleste sequer viajaram pra ver os duelos contra Goiás e Vila Nova, fora de casa. O papel de franco-atirador, contudo, surtiu efeito e os comandados de Armando Renganeschi mantiveram-se vivos, vencendo três dos quatro compromissos (incluindo os não vistos pela diretoria).

vasco londrinaEliminando potências 

Na terceira fase, disputada no início de 1978 (tempos doidos, sacumé), o Londrina reinou soberano num grupo dificílimo. Vasco, Corinthians, Santos, Flamengo e Caxias no cangote. Peixes graúdos buscando uma única cadeira nas semifinais.

Pouco importou pro LEC, que nem quis conversa. Cinco triunfos em cinco partidas, e solamente um gol sofrido – diante do alvinegro praiano.

O ponto alto da jornada aconteceu em 19 de fevereiro. Vitória de 2×0 perante o Vasco de Roberto Dinamite, assistida por 40.209 pessoas no estádio de São Januário. Simplesmente o maior público registrado oficialmente no palco cruzmaltino.

Pela primeira vez na história, um clube do Paraná ficava entre os quatro melhores de um Brasileirão.

Top 4

O oponente agora seria outro gigante: o Atlético-MG do artilheiro Reinaldo.

Em 22 de fevereiro, no Mineirão, derrota por 4×2 em cotejo movimentadíssimo. Rolou até invasão de torcedor ao gramado, pra você ter ideia.

No Café, em 1º de março, igualdade por 2×2, interrompendo a caminhada pé-vermelha.

O Galo avançou rumo ao vice-campeonato, parando dramaticamente no São Paulo. Via penalidades máximas.

Posteridade

Terminado o torneio, o Londrina figurou na honrosa quarta posição geral. Em 20 partidas, obteve 10 vitórias, quatro empates e seis derrotas. Feito este que permanece como um dos melhores protagonizados por um paranaense.

Pra você sentir a importância da coisa => apenas sete campanhas do Estado em Campeonatos Brasileiros igualaram ou superaram o Tubarão de 77.

São estas:

1979 – Coritiba semifinalista
1980 – Coritiba semifinalista
1983 – Atlético-PR semifinalista
1985 – Coritiba campeão
2001 – Atlético-PR campeão
2004 – Atlético-PR vice-campeão
2013 – Atlético-PR terceiro colocado

Anúncios

Uma resposta em “Londrina, 1977: o primeiro paranaense no Top 4 de um Brasileirão

  1. 1977, Regime Militar, o brando!

    Como era bom viver em Londrina, nesta época!

    Em uma DITADURA comunista, a cidade jamais teria recebido um estádio como o do Café e nem seria a capital dos motores V8!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s