Contos e afins => Conto do São Francisco

26-03-10  12h57

(Crédito: Guilherme Mattar)

Acordei de madrugada com uma inquietação. Saí bem de mansinho, pra não causar preocupação. Andei Ruína afora, procurando alguma ação. Encontrei uma menina, zero consideração.

Segurando uma cerveja, num mau humor do cão, a garota esbravejou: “Aqui não vai dar jogo não…”.

Segui o meu caminho, percorrendo o calçadão. Cabral/Osório passou rente de um casal sem razão. Carinha ali por perto, com viola na mão, pediu uma graninha. Em troca, uma sugestão.

Mal ouvi já fui pagando. Ele pediu minha atenção. Deu sua palheta e dedilhou uma canção.

The Unforgiven ecoou, agradando a multidão.

“What I’ve felt, What I’ve known”, emendou no refrão.

Segui acompanhando, confesso, um tanto cheio de tensão. Receoso, sabe, que o cara errasse a letra. Ou o padrão.

“Never free, never me”, de repente vi um clarão. Carro desgovernado vindo em minha direção.

A chapa esquentou.

Me senti num caldeirão.

A vida toda num segundo.

Eis que surge a intervenção.

Um senhor ali por perto, saindo de uma convenção, assistiu à cena. Deu cabo à minha desatenção. Nem te conto como fiquei impressionado com aquele cidadão. Salvou a minha pele.

Que baita redenção!

Voltei ao Largo palpitando o coração. “You labeled me, I’ll label you”, cantei com paixão

Quis regressar ao feudo, chega de tanta emoção. Foi quando senti cheiro de confa. Confa em formação.

Um grupo estranho encontrei na frente de um casarão. Me cercaram e bradaram: “Obedece aí, irmão!”.

Viatura, grazaossinhor, ali passou. E com ar de irritação, o grupo todo correu – sacumé, evitar a prisão.

Me diriji até o apê, com toda discrição. Tava tudo muito escuro. Dei de cara no portão.

O porteiro acordou. Pediu uma explicação.

Ah… “This fight he cannot win”. Da noite dei versão.

Fui então liberado com uma condição:

Contar de quem era a música do cara do violão.

Anúncios

Uma resposta em “Contos e afins => Conto do São Francisco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s