Nirvana toca o terror no Video Music Awards de 1992

vma 92Ao longo de sua era dourada, a MTV registrou muitos, muitos momentos que ficaram impressos na história da cultura pop.

Tipo a apresentação do Nirvana no Video Music Awards de 1992.

Aprontando coisas difíceis de irem ao ar atualmente, o grupo só faltou fazer chover por lá.

Backstage

Felicidade não representava o estado de espírito de Kurt Cobain. Exausto pelo sucesso do álbum Nevermind e do hit Smells Like Teen Spirit, ele pretendia executar um número novo àquela noite – Rape Me. A produção do programa, temerosa, vetou a ideia, propondo que o trio tocasse justo Teen Spirit (cujo vídeo concorria em quatro categorias da premiação).

Kurt não topou, mas chegou a um consenso com a MTV: fariam Lithium no lugar.

vma 92 3Guns x Nirvana

Enquanto aguardava a hora de subir ao palco, a trupe de Seattle entrou noutra treta. Desta vez com Axl Rose, frontman do Guns n’ Roses.

O rapaz perambulava de boa pelo backstage, quando Courtney Love quis tirar uma casquinha. Acompanhada de Kurt e da filha recém-nascida do casal, Frances, a vocalista do Hole perguntou se Axl não gostaria de ser o padrinho da criança.

O gunner dirigiu-se a Kurt, mandando-o botar a mulher na linha. Foi sarcasticamente atendido pelo guri do grunge, o que o deixou furioso.

Duff McKagan, baixista do Guns, comprou a briga e quis tirar satisfação com o colega nirvanístico de posto, Krist Novoselic. Não fosse o pessoal da emissora apartar, teriam partido pra porrada ali mesmo.

Reza a lenda, inclusive, que Krist cuspiu num piano, acreditando que Axl o usaria pra entoar November Rain na premiação (piano que, na verdade, foi utilizado por Elton John).

vma 92 2No palco

Prestes a serem anunciados, Kurt, Krist e o batera Dave Grohl decidiram trollar a MTV. Antes de iniciar Lithium, tocaram os primeiros versos de Rape Me. Só pra, nas palavras do líder da banda, “dar um pouco de palpitação cardíaca” na galera do canal.

A edição do VMA, pasma, quase cortou pros comerciais.

Durante a apresentação, Kurt mudou a letra de determinados versos e cantou outros de maneira debochada. Krist, puto com o som de seu baixo, atirou-o pra cima na reta final da execução. Calculou mal o movimento e atingiu a própria cabeça com o instrumento*.

Ah… Enquanto o baixista saía cambaleante do palco, Kurt jogou a guitarra contra os amps e Dave detonou a bateria. Pra encerrar, o baterista ainda foi ao microfone alfinetar o Guns: “Oi, Axl! Oi, Axl! Cadê o Axl?”**.

Abaixo segue o vídeo da memorável performance do Nirvana, que encerrou a noite ganhando o VMA nas categorias “Melhor Artista Novo em um Vídeo” e “Melhor Vídeo Alternativo” por Smells Like Teen Spirit. Aquela que se recusaram a tocar.

(A auto-flagelação de Krist Novoselic acontece a partir de 4:14)

*Relembrando o caso em 2008, em sua coluna no jornal Seattle Weekly, Krist confessou que a baixolada não foi tão forte assim. Ele ganhou um corte na testa, é verdade, mas basicamente valorizou a cena toda.

Depois de atendido pelos paramédicos, contou ainda ter tomado um gole de champanhe no backstage, oferecido gentilmente por um cara do Queen que também estava no VMA: Brian May.

**Dave fraseia o deboche contra o Guns de maneira ambígua. Pode-se entender tanto “Hi, Axl!” quanto “Hi, asshole!”. Nirvana puro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s