Os pragmáticos da bola que me perdoem, mas beleza é fundamental

garrinchaVenho por meio deste atacar o maior dogma do futebol. Esqueça o que te falaram. Não são títulos que fazem times escreverem o nome na história.

Aliás, nem precisamos sair do país pra desconstruir essa falácia mitológica.

Pense na Copa de 1950. Qual seleção segue habitando o imaginário mundial, até hoje? Sequer os uruguaios se atrevem a dar a vencedora do Maracanazo como resposta.

puskasPerambulemos solamente por mundiais e avancemos quatro anos. Suíça. Alemanha Ocidental triunfante. Qualé o time top of mind, porém? A Hungria de Puskas, tão fisicamente superior que disputava peladas de 15 minutos antes de cada cotejo, só pra aquecer.

Deu show atrás de show, anotou 27 gols em oponentes de respeito (quatro no Brasil, outros quatro no Uruguai e 10 em duas partidas contra a campeã, só pra se ter uma ideia). Ah, e também fez o artilheiro do campeonato – Kocsis, com 11.

laranja mecânicaEm 1974, foi a vez da Holanda dar o que falar, em detrimento da Alemanha Ocidental de Sepp Maier, Beckenbauer e Gerd Müller.

O futebol total da Laranja Mecânica, desenvolvida por Rinus Michel e capitaneada por Johan Cruyff, foi tão marcante que eclipsou uma das maiores gerações germânicas de todos os tempos. Um feito e tanto, hein.

E o que dizer da ferida aberta no estádio Sarriá, em 1982, que jamais cicatrizou? Nós e os gringos amantes da bola nunca absolveremos Paolo Rossi e sua Itália. Tampouco Waldir Peres, que sabe Deus por que defendia a meta canarinha.

Meus exemplos são manjadíssimos, contudo ilustram bem a verdade da vida. Não são as equipes voltadas ao “resultado” que ficam na história.

Soccer: World Cup-Argentina vs GermanyEste lugar é reservado aos que inventam e reinventam a roda. Aos que saem do lugar-comum.

Ao Brasil de Leônidas, que nos botou no mapa em 1938. A Portugal qualificada e eusebiana de 1966. À Dinamáquina de 1986. À ousadia de Camarôes, em 1990. Ao polêmico tiki-taka espanhol e à Alemanha pós Euro-2004, que pratica muito mais que “algo parecido com futebol”.

O resto… é mera estatística. Desculpae, Dunga.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s