Malutrom surpreende o país e faz campanha consagradora no Brasileirão de 2000

malutromQuarta força do futebol curitibano, jogando no equivalente à terceirona nacional. Nem o torcedor mais otimista do Malutrom esperava muito do time na Copa João Havelange de 2000.

Mas a caixinha, como diz o ditado, tem lá suas surpresas. Espantando o desdém, o treinador Amauri Knevitz montou um grupo coeso e botou o Caçula nas oitavas de final do Brasileirão.

PRIMEIRA FASE

malutrom 4Àquele ano, o campeonato contou com módulos ao invés das habituais divisões. O Molequinho foi posto no Branco, junto com equipes de Sudeste e Sul que se enquadrariam na Série C. A galera de Norte, Nordeste e Centro-Oeste compôs o Verde.

O pessoal foi, então, repartido em grupos. Integrando o F, o clube encarou Etti Jundiaí, União Bandeirante, Madureira, Inter de Limeira, União Rondonópolis e Comercial. Depois de duas derrotas nas rodadas iniciais, recuperou-se e classificou-se em segundo (atrás do Etti). Sem sustos.

MAIS TRANQUILIDADE

Na segunda fase, a coisa embalou. Com o goleiro Vilson e o lateral Ednelson em boa forma, Tcheco organizando a meiúca ao lado de Rodrigo Batatinha e Calmon resolvendo na frente, a equipe reinou soberana e invicta no Grupo 4.

Rio Branco, Friburguense e Santo André ficaram pra trás.

INVENCIBILIDADE CHEGA AO FIM, MAS RITMO SEGUE FIRME

malutrom 2Os módulos da Série C se misturaram e o Malutrom entrou em rota de colisão com Tuna Luso, Moto Club e, novamente, Etti Jundiaí no Grupo 2.

Atingindo uma impressionante marca de 18 rodadas consecutivas sem perder, os comandados de Amauri Knevitz terminaram líderes e garantiram vaga na decisão da Terceirona, contra o Uberlândia.

Na ida, em 16 de novembro, duelo dificílimo em Minas. Quando a derrota parecia certa, Rodrigo Batatinha salvou a lavoura aos 33 do segundo tempo e decretou um precioso 1×1.

Três dias mais tarde, a consagração na Vila Capanema. Suada.

Aos 10 da etapa complementar, Washington botou os visitantes em vantagem. Calmon deixou tudo igual aos 17 e, aos 23, Ednelson (ou Tcheco, dependendo da fonte) virou o placar. Tudo muito bom, tudo muito bem, até Serginho botar o Uberlândia de volta na parada, cobrando falta: 2×2.

malutrom 3E agora? O resultado não favorecia. Era preciso encontrar mais um gol.

Tarefa que coube a Flávio, de pênalti, a dois minutos do fim. Testemunhado por mais de 7 mil pagantes, o atacante sacramentou o 3×2 e concedeu ao Malutrom o título dos Módulos Verde e Branco.

ENTRE OS 16 MELHORES DO BRASIL

O regulamento esdrúxulo deu ao Caçulinha um lugar nas oitavas de final do Havelanjão e a possibilidade de lutar pelo troféu de campeão brasileiro. A tarefa, porém, seria indigesta: encarar o Cruzeiro, time de melhor campanha no Módulo Azul (a elite). Abaixo, uma reportagem bem bacana do Globo Esporte da época:

http://globotv.globo.com/rede-globo/bau-do-esporte/v/em-2000-cruzeiro-encara-o-misterioso-malutrom-na-fase-final-do-brasileirao/2220880/

A possibilidade de eliminar um oponente de Série A até animou, mas a realidade da vida interrompeu o sonho. Logo no cotejo de ida, em 23 de novembro, 3×0 Raposa – dois do meia Jackson e outro do lateral Sorín.

No dia 26, no Mineirão, os favoritos levaram o confronto derradeiro na banguela. Oséas abriu os trabalhos em favor dos mandantes, aos 13 minutos. Calmon empatou a bodega aos 40 do segundo tempo, e o Guri de Curitiba se despediu da competição com um digno 1×1.

Nada mal, né não?

Anúncios

Uma resposta em “Malutrom surpreende o país e faz campanha consagradora no Brasileirão de 2000

  1. Pingback: Paraná Clube, 2000 => Surpresa da Copa João Havelange, Tricolor ficou a um gol de eliminar o campeão Vasco nas quartas | It's not only Rock

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s