Declare Guerra => Sem Cazuza, Barão Vermelho sobrevive com Frejat nos vocais em 1986

declare guerraEntrada da Som Livre, Rio de Janeiro, meados de 1985. Parado à porta, Cazuza espera pelos companheiros de Barão Vermelho. O semblante acusa decisão.

Dentro de instantes, a banda deve se reunir com executivos da empresa e arrematar o orçamento do quarto álbum de estúdio, sucessor de Maior Abandonado. Meros detalhes, pois as gravações começam já na semana que vem.

Roberto Frejat Guto Goffi apontam no horizonte, cumprimentam o rapaz que os aguarda e ouvem dele uma sentença complicada: vai sair do grupo.

Justo agora? Depois do consagrador Rock in Rio, em janeiro? Depois de ameaçar largar o barco tempos antes e desistir, se comprometendo a manter os compromissos com o Barão? Depois de ensaiar o novo álbum com os colegas?

frejat declare guerraFrejat fica puto. Passa os seis meses seguintes sem falar com o vocalista e pensa no futuro longe dele. Tem fé no sucesso, mas e aí? E se chamar outro cantor ao conjunto, a coisa fluir e o cara vazar mais tarde? Reviver aquilo seria duro demais.

O guitarrista confia no próprio gogó, considera-se afinado e chama a chincha pra si. Como letrista, contudo, demonstra insegurança e pede ajuda a Renato Russo, Arnaldo Antunes, Antônio Cícero, Denise e Júlio Barroso.

Assim, em 1986, vem ao mundo o grito de sobrevivência baronesco Declare Guerra. Grito este que também reúne contribuições líricas do poeta desertor: Que o Deus Venha, baseada em texto de Clarice Lispector, Maioridade e Um Dia na Vida, tocada previamente no Rock in Rio.

Pouca promoção e vendas baixas fazem com que o disco pouco seja lembrado pelos fãs, até hoje. Mas tem muito treco massa no bichinho, como a sensacional Bumerangue Blues. Ou a curiosa participação de Maurício Barros em Linda e Burra, soltando a voz no lugar de Frejat.

Tracklist:
1- 
Um Dia na Vida (Cazuza, Maurício Barros)
2- Desabrigado (Maurício Barros, Humberto Effe)
3- Torre de Babel (Frejat, Guto Goffi, Ezequiel Neves)
4- Bagatelas (Frejat, Antônio Cícero)
5- Não Quero Seu Perdão (Frejat, Denise Barroso, Antônio Barroso)
6- Bumerangue Blues (Renato Russo)
7- Declare Guerra (Frejat, Guto Goffi, Ezequiel Neves)
8- Linda e Burra (Maurício Barros, Pequinho)
9- Maioridade (Cazuza, Frejat, Guto Goffi, Denise Barroso)
10- Que o Deus Venha (Cazuza, Frejat, Clarice Lispector)
11- Eu Tô Feliz (Frejat, Arnaldo Antunes)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s