UEFA Euro 2012 => O dia em que Shevchenko fez história com a camisa da Ucrânia

shevchenkoQuando o sonho da Ucrânia disputar uma Eurocopa virou realidade, em 2012, Andriy Shevchenko tinha quase 36 anos e passava longe do auge. Embora empolgados em sediar a competição, ao lado da Polônia, seus conterrâneos mal sabiam o que dele esperar.

Pois o atacante guardou munição até a estreia, diante da Suécia, e mostrou do que é feito. Mesmo distante das condições ideais de temperatura e pressão na carreira, foi o herói da partida e anotou os gols da primeira vitória do país na história das UEFA Euros.

Suecos e ucranianos duelaram em Kiev, 11 de junho. Grupo D, fase inicial.

Do lado anfitrião, experiência era a palavra-chave. Além de Sheva, Husyev e Tymoshchuk remanesceram da derrota pra Itália por 3×0, nas quartas de final da Copa do Mundo de 2006. O treinador, Oleg Blokhin, também era o mesmo.

ibraO oponente pensava de forma similar e além: Mellberg e Ibrahimovic suaram o uniforme no 2×1 sofrido diante de Senegal, nas oitavas do Mundial de 2002. Svensson, que entraria no decorrer do cotejo de 2012, foi outro a participar da eliminação no Japão e Coreia do Sul.

No debute eurocopeiro da Ukrajina, Ibra fez tudo pra estragar a festa – incluindo abrir o placar aos 7 do segundo tempo.

Os deuses da pelota, entretanto, queriam a felicidade do craque dono da casa. Três minutos adiante, Yarmolenko avançou pela direita e cruzou na medida pro camisa 7 empatar, testando firme.

Aos 17, novamente de cabeça, Shevchenko aproveitou escanteio cobrado por Konoplyanka e deu números finais à birosca: 2×1.

FICHA TÉCNICA
UCRÂNIA 2X1 SUÉCIA

Local: Estádio Olímpico, Kiev (Ucrânia).
Data: 11 de junho de 2012, às 21h45 (hora local).
Árbitro: Cüneyt Çakır (Turquia).
Público: 64.290 espectadores.
Gols: Shevchenko, aos 10 e aos 17 do 2º tempo (Ucrânia); Ibrahimovic, aos 7 do 2º tempo (Suécia).
Cartões amarelos: Källström e Elm (Suécia).

Ucrânia: Pyatov; Husyev, Mykhalyk, Khacheridi e Selin; Yarmolenko, Tymoshchuk, Konoplyanka (Devic) e Nazarenko; Voronin (Rotan) e Shevchenko (Milevskiy).
Técnico:
Oleh Blokhin.

Suécia: Isaksson; Lustig, Mellberg, Granqvist e Olsson; Elm, Källström, Larsson (Wilhemsson) e Toivonen (Svensson); Ibrahimovic e Rosenberg (Elmander).
Técnico: Erik Hamrén.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s