Campeão brasileiro de 1985, Toby trocou o Coritiba pelo vice Bangu no ano seguinte

tobyQuando pensamos em Toby, os termos Coritiba Campeonato Brasileiro de 1985 logo surgem à mente. O ex-meia, afinal, foi fundamental na maior conquista da história do Coxa, obtida sobre o Bangu. Mas há outra página bastante curiosa na biografia boleira do rapaz.

Na temporada seguinte ao título, Dorival Mateus da Costa trocou o Alto da Glória justamente pelo clube de Moça Bonita, onde permaneceu até 1989.

Por lá, disputou a Taça Libertadores da América de 1986 ao lado de Marinho e Ado (aquele que perdeu o pênalti na final de 85). O Alvirrubro não mandou nada bem, sendo eliminado ainda na primeira fase. Dois empates, quatro derrotas, saldo -6.

Viveu seu melhor momento no Campeonato Carioca de 1987, ganhando de forma invicta a Taça Rio.

Saiu na Série B de 1989, rumo ao Vitória, depois de envergar a camisa vermelha e branca 157 vezes. Anotou 4 gols.

Companheiros célebres

À época de Toby, o Bangu era presidido por Castor de Andrade. Rico e apaixonado pelo time, o corleonesco bicheiro investia pesado, sonhando em torná-lo campeão brasileiro.

A empreitada não deu certo. Graças a ela, porém, o saudoso meio-campista pôde desfrutar da companhia de caras como Mauro Galvão, Craque Neto Paulinho Criciúma. Além dos outrora citados Marinho e Ado.

toby 2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s