Guns n’ Roses, Don’t Cry e as inevitáveis dificuldades no começo de carreira na música

guns n roses 1985É clichê, mas é verdade. Em se tratando de carreira musical, o começo não é fácil pra ninguém. Nem se você tocar no Guns n’ Roses.

Veja só:

Nos idos de 1985, o recém unido grupo norte-americano teve a oportunidade de fazer um show acústico em Los Angeles. Entre as incluídas no setlist, Don’t Cry.

O barzinho sede da performance contava com um público digno, a julgar pelo ruído no background. Poucos Bertos, porém, deram bola pra cantoria de Axl Rose ou pro solo violeiro de Slash.

Dois anos adiante, os gurizinhos lançaram o álbum Appetite for Destruction, venderam além de 30 milhões de cópias ao redor do globo e dominaram o planeta até meados da década de 1990. No meio do período dourado, 1991, Don’t Cry  virou clássico, daqueles indispensáveis em quaisquer futuras apresentações gunners.

Então, jovem, se sua banda anda pagando os pecados, desanima não. Sua a camisa. Porque mesmo os grandes hits correm risco de morrer no limbo e na ignorância se não rolar trabalho duro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s