Contos e afins => Balada

Saindo da balada, ao lado da porta, encontra o amigo com quem chegou – mas não vira desde então:

– E aí, velho? Rendeu?
– Maaano, que noite!
– Pegou muito, é?
– Demais! Bati meu recorde hoje!
– Tava fácil né…
– Pois é! Cê nem precisava mexer, já pintava coisa boa pra pegar! Deu boa pra ti também?
– Haha, fiz a feira!

Deram um abraço animado e se despediram. Mal continham a alegria de capturar tanto no Pokemón Go.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s