Mitch Mitchell, Keith Richards, John Lennon e Eric Clapton => O supergrupo que deu o que falar no Rock and Roll Circus (1968)

dirty-macThe Rolling Stones Rock and Roll Circus foi um especial muito bacana organizado por Mick Jagger e sua trupe em dezembro de 1968. Dirigido por Michael Lindsay-Hogg, cidadão que um mês depois filmaria o conturbado documentário beatle Let it Be, o evento reuniu altas atrações de qualidade. Entre elas, o estelar The Dirty Mac.

O supergrupo brincava com o nome do Fleetwood Mac juntando caras da Jimi Hendrix Experience (Mitch Mitchell – bateria), Rolling Stones (Keith Richards – baixo), Cream (Eric Clapton – guitarra) e Beatles (John Lennon – guitarra e voz). Impossível dar errado.

Como se a formação em si não fosse mítica o suficiente, eles ainda tocaram a sensacional Yer Blues no programa. Das preciosidades do fab fourzeiro White Album.

Depois os caboclos bolaram uma estripulia com a Yoko Ono, chamada Whole Lotta Yoko, não tão digna assim…

Infelizmente o Rock and Roll Circus só viria a público três décadas adiante, em 1996. Reza a lenda que Mick Jagger ficou constrangido pela incrível performance do The Who em A Quick One, While He’s Away, e por isso embargara o projeto por tanto tempo. Particularmente não boto fé, porque os Stones mesmo mandaram demais, sobretudo em No Expectations e Sympathy for the Devil. Mas né, vai saber.

Abaixo segue o áudio do bagulhets inteirão, com outros momentos célebres – incluindo um jovem Tony Iommi se aventurando na guita do Jethro Tull.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s