Contos e afins => De tanto pensar…

de tanto pensar...De tanto pensar, Estanislildo explodiu. Sua cabeça não aguentou o tranco e espatifou o crânio em pedacinhos de letras, palavras e estratagemas espalhados pela sarjeta da Cidade Desconhecida.

Quem convivia com ele não estranhou. Salvo a prima-amiga perdida de décimo quinto grau, que no guri via algo diferente: uma qualidade indelével, rara, arraigada aos doudos que boiam nas marginais do Rio Sociedade.

Empatia.

Os pais de Estanislildo, lidíssimos, por mais que julgassem o fim do filho fenômeno normal, exigiram preto no branco – uma resposta final, escrita na letra pouco decifrável dos enjalecados da medicina ocidental. Levaram o corpo partido do ente querido a tudo quanto IML. Uma carnificina brava que em nada resultou, ao não ser nuns poeminhas póstumos formados das partículas de sobrancelha que sobreviveram à explosão cabeçal do jovem.

A prima de Estanislildo, sonhadora, afeita a projetos auspiciosos, não sossegou e resolveu honrá-lo sem igual: construindo uma estátua do cara na entrada de casa. Sozinha não daria conta (tinha pouco além de míseros caramanguás suados), então procurou os genitores do bacuri, ansiando pela completude da empreitada.

Os pais requisitaram atestado de compatibilidade do solo da residência e lhe pediram herméticos mapas lógicos. Pragmática pomposa que a prima, tadinha, não tinha.

Por fim, a grandiloquente homenagem ao ido Estanislildo não passou de medalhinha-tostão de estimação, hoje morando na palma da mão da prima-amiga, que de tanto plano não realizado caiu enferma, expirando lentamente numa cama do hospital Vida.

Sem direito à visita, por precaução dos doutores.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s