Os 10 melhores lançamentos da música brasileira em 2019

melhores-do-ano_blogMais uma temporada chega ao fim, dando-nos a oportunidade de analisar tudo o que bandas e artistas nacionais disponibilizaram de novo ao público. Tendo isto em mente, o It’s not only Rock joga na roda, agora, aqueles que considera os 10 melhores lançamentos da música brasileira em 2019.

Tal como no passado recente, a cena independente dá sinais claros de que é com ela que as proezas estéticas de maior valor residem. O mainstream já percebeu isso, é verdade, e anda tentando mexer seus pauzinhos. Mas ainda está correndo – bem – atrás.

Eis meu top 10 do ano:

10. Estamos Aqui – Marina Melo

Um pop agradável envolve o segundo disco de Marina Melo. Em Estamos Aqui, as letras da cantora paulista discutem temáticas jovens e políticas, desde a dificuldade moderna em rotular relacionamentos até o assassinato de Marielle Franco.

9. Quem Vai Ficar Até o Fim da Festa? – Gomalakka

Misturando influências de new wave e pós-punk, o primeiro álbum do conjunto paulistano estabelece um rock urbano, acenando ao passado e cheio de referências – entre elas ao filme Matrix.

8. Manual de Sobrevivência Para Dias Mortos – China

Uma verdadeira colagem de ritmos e sons, ao modo iconoclástico da Nação Zumbi. Assim é o quinto trabalho solo do pernambucano China, repleto de letras críticas e diretas que reverberam as tensões políticas vividas no Brasil contemporâneo.

7. Par de Olhos – YMA

Primeiro álbum cheio da artista de São Paulo, sucedendo uma série de singles disponibilizados em anos anteriores. Dream pop climático e por vezes dançante, Par de Olhos pede uma apreciação mais artística, atenta, por parte do ouvinte.

6. Phenomena – Ema Stoned

Desconecte-se, feche os olhos e entregue-se à viagem instrumental e experimental proposta pelo Ema Stoned com auxílio dos convidados Makoto Kawabata (Acid Mothers Temple) e Douglas Leal (Yantra). O segundo disco de estúdio do grupo de São Paulo propõe, através de longos improvisos, um autêntico deixar-se ir, sem medo nem pressa de flutuar sobre os terrenos noise e pós-rock.

5. Rente – Jair Naves

Inquietação política e melancolia embalam o som por vezes calmo, por vezes enérgico, do terceiro full-length solo do cantor de São Paulo. Em Rente, os tormentos do cenário nacional atual ressoam no íntimo de Jair Naves, dando caráter cortante e denso à obra.

4. Nekomata – Muñoz

Minas Gerais é celeiro de grandes bandas de rock, entre elas o duo Muñoz, radicado em Santa Catarina. Expandindo os horizontes do stoner que lhe é peculiar, a dupla flerta com elementos latinos e repetições aludindo a mantras, neste que é seu quarto trabalho lançado.

3. duo+dois – Duofel, Carlos Malta e Robertinho Silva

A parceria entre o duo de violões surgido na cena alternativa de São Paulo, o multi-instrumentista Carlos Malta, conhecido como Escultor dos Ventos, e o percussionista carioca Robertinho Silva já existia desde 2016. Agora, em 2019, o projeto envolvendo o Duofel enfim ganhou registro público. Jazz, afro-sambas e MPB dão o tom do álbum, relendo com maestria um repertório de clássicos da música popular brasileira.

2. Quintais – Iconili

Outra banda a descontruir limites este ano, a Iconili fez de Quintais um passeio por jazz fusion, afrobeat e ritmos brasileiros e latinos. No quarto lançamento da carreira, o coletivo de Belo Horizonte alcança seu ponto alto.

1. Dancing by the Cliff – Blue Lips

Vem de Florianópolis o disco que o fã de rock alternativo tanto quis ouvir nos últimos 12 meses. O debute do Blue Lips reúne vocais marcantes e arranjos de pegada, protagonizados por guitarra e baixo viajando entre os anos 1990, o pós-punk e até certas doses de blues rock.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s