Contos e afins => México Zinho

Eu não entendo. O sol diz outubro. O calendário diz outubro. Até a rede esfarelada das barbas-de-velho-meio-cinza-meio-mareladas-de-tanto-tédio lá no quintal diz outubro. Meus dentes careados, refestelados de tártaro, amarguinho na descida, chocolate mal dormido, dizem outubro. E cadê outubro, cacete? Primavera, porra! Continuar lendo

Anúncios