1001 grandes álbuns desse mundão (parte 35)

all things must pass george harrison 1970Antes de mais nada: feliz ano novo! Pulou suas ondinhas? Guardou as sementes das uvas na carteira? Usou branco (ou qual for sua cor da sorte) na virada? Pois 2020 já está entre nóiz \o/

E em 2020 a lista alcança o patamar 700! Setecentos discos… Ainda tem chão, mas o fim começa a ficar mais claro. Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 21)

um expresso vermelhoNa penúltima parte compartilhada no ano de dois mil e dozoito depois de Cristo, a lista dos 1001 grandes álbuns desse mundão fecha bonito com o gênero roqueiro.

Algumas obras adentram outras searas sonoras, tais como jazz e soul e MPB, mas a maioria fica no lance rock-and-rolleiro mesmo.

Espero que curta. Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 19)

rubber soul the beatlesSe você é da turma dos que gostam de discos clássicos, certamente vai curtir a parte 19 dos 1001 grandes álbuns desse mundão, elencados pela minha humilde pessoa.

Além de gemas do rock, tais a que brilha aqui ao lado, há trabalhos interessantes ainda na seara do jazz, blues, pop e cositas contemporâneas.

Ah, sim, tem brasilidades marotas no meio, também. Confira: Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 6)

a nod's as good as a wink... to a blind horseEis uma das partes mais old school da saga mil-e-úmica. Neste sexto segmento dos 1001 grandes álbuns desse mundão, botei vários clássicos do rock e suas vertentes, capazes de agradar os saudosos pelos velhos tempos. Continuar lendo

Kiss repete roteiro consagrado em show na Pedreira Paulo Leminski e conquista Curitiba

kissVai ter pirotecnia, maquiagem, trajes espalhafatosos. Gene Simmons vai cuspir fogo e sangue. Da guitarra de Tommy Thayer, herdeiro de Ace Frehley, vão sair bombas de artifício. A bateria de Eric Singer vai às alturas, tal qual fazia Peter Criss. Paul Stanley vai fazer um número no meio da galera e depois quebrar seu instrumento, já no fim do show. Show este que vai terminar com Rock and Roll All Nite.

O fã do Kiss está careca de saber o que acontecerá na performance da banda naquele 21 de abril, na Pedreira Paulo Leminski. Há 40 anos é assim. Mas ele não está nem aí. Continuar lendo