1001 grandes álbuns desse mundão (parte 16)

john coltrane blue trainDe todas as partes que escrevi da lista por ora (e já foram bastantinhas), talvez esta configure a mais democrática. Ou uma das mais.

Tem ela um quê de jazz hard bop influente. Outro de jazz mais relax. Uma pitada de R&B raiz. Um rock puxado pro psicodélico. Um fusion bacana. MPB. Instrumental. Progressivo. New wave. Hard rock. World Music. Alternativo. Mod. Pop rock.

Enfim, uma boa miscelânea. Bacana de juntar. Bacaníssima de ouvir: Continuar lendo

Anúncios

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 15)

joy division unknown pleasuresGosto de reservar a primeira quinta do mês pra postar as novas entranças da listona. Atrasei um pouquinho desta vez. Não ligue. Não foi por mal. Havia apenas outros textos a escrever. Em junho eu volto ao prumo. Quer dizer, vou tentar. Nunca se sabe.

Muito bem. Falemos de música. Agora que me aproximo de 1/3 da tarefa completada, optei por um critério especial. Juntei na parte 15 discos os quais, num passado não tão remoto assim, fiquei horas dias semanas meses escutando. Sem parar mesmo.

A inspiração veio do exemplar da capa. Joy Division nunca foi a minha. Até que, sei lá, o santo bateu e ando ouvindo os caras direto. Sobretudo o Unknown Pleasures, pérola tão influenciadora às bandas de ontem. Hoje. E amanhã. Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 14)

blood sugar sex magikPrivilegiando discos do início de suas respectivas décadas, preenchi a nova sequência dos 1001 grandes álbuns desse mundão \o/

Nesta parcial, o mote é a segurança. Busquei trabalhos que conheço – e gosto – há um bom tempo, principalmente os dos anos 1980 e 1990.

Exemplos:

Boy eu ouço desde criança (sem trocadilho).  Use Your IllusionKill ‘Em All Ten chegaram na puberdade/adolescência, cada qual num momento específico, enquanto Blood Sugar entrou na fase adulta e fincou lugar imutável nas esferas super-superiores das minhas preferências audiófilas. Culpa do auge de John Frusciante…

Pois bora encerrar o prólogo e conferir a parte 14 inteira?  Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 11)

albert king born under a bad signChegou enfim o famigerado mês de janeiro, e com ele o segmento inaugural da lista mil-e-úmica na temporada 2018!

Mantive a ideia de misturar décadas sem ordenação cronológica fixa, embora privilegie os anos 1960, com cinco indicações. Além disso, a parte 11 tem uma novidade: um álbum dos 40’s, pela primeira vez na história deste brógue. Discão, inclusive, bastante influente no universo musical. Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 6)

a nod's as good as a wink... to a blind horseEis uma das partes mais old school da saga mil-e-úmica. Neste sexto segmento dos 1001 grandes álbuns desse mundão, botei vários clássicos do rock e suas vertentes, capazes de agradar os saudosos pelos velhos tempos. Continuar lendo

Nada de novo: Brasileiro prefere ouvir bandas de rock já consagradas, aponta pesquisa do Deezer

melhores-do-ano_blog

(Foto: Guilherme Mattar)

Deezer divulgou esta semana uma pesquisa baseada nos gostos do roqueiro brasileiro. Aludindo ao Dia Mundial do gênero, que rola hoje (13/07), a plataforma de streaming informou que o fã tupiniquim não quer novidade.

Dos 10 grupos/artistas mais ouvidos no país, só um tem menos de uma década de palco. Oito começaram a carreira há mais de 20 anos e todos, todos têm nomes bem familiares. Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 3)

legião urbana doisMais um mês que se inicia, mais uma parte da lista batuta (maluca, também) que este blog se dispôs a empreitar \o/

O destaque da vez vai pro BRock, muitíssimo bem representado através de discos seminais de bandas deveras importantes do nosso cancioneiro.

Sem mais delongas, eis 1001 grandes álbuns desse mundão:

Parte 3. Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 2)

Chuck_Berry_-_After_School_SessionChegou a hora da segunda parte da listona marota dos grandes discos deste mundão véio sem portera.

Bora?

Booora!

Vamos então aos contemplados da vez, que apresentam uma novidade em relação à parte 1:

Abrangem também a década de 1950. Continuar lendo

Naná Vasconcelos tocando com o U2? Por pouco, não rolou

naná vasconcelos u2Naná Vasconcelos quase participou de uma das maiores turnês da história do rock mundial.

Em 1997, o saudoso percussionista foi convidado pelo U2 a integrar a suntuosa PopMart Tour – mas declinou. Continuar lendo