1001 grandes álbuns desse mundão (parte 28)

there's nothing left to lose foo fighters 1999Outono é sempre igual, as folhas caem no quintal… E uma parte nova da lista mil-e-úmica chega no início de seu mês final (final da estação, no caso, já que ainda há belo chão a percorrer na lista) o/ Continuar lendo

Anúncios

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 3)

legião urbana doisMais um mês que se inicia, mais uma parte da lista batuta (maluca, também) que este blog se dispôs a empreitar \o/

O destaque da vez vai pro BRock, muitíssimo bem representado através de discos seminais de bandas deveras importantes do nosso cancioneiro.

Sem mais delongas, eis 1001 grandes álbuns desse mundão:

Parte 3. Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 1)

1001-pt-1

Tem Bebeto Zimmerman aí no meio, djow!

Era uma vez um guri chamado Guilherme, 17 anos, perambulando pela Fnac. Depois de tanto correr olhares na livraria, eis que ele descobre a primeira edição de 1001 discos para ouvir antes de morrer. Adorou. Continuar lendo

As 5 melhores músicas a entrarem numa soundtrack de FIFA

ea sportsSe tem um jogo que me ajudou na formação do famigerado ~~gosto musical~~, este jogo é o FIFA. Suas ecléticas trilhas sonoras volta e meia mostram algo novo e interessante.

Chegadinho na simulação mais marota de futebol inventada pelo homem, elenquei 5 canções que nela descobri, as quais até hoje reverberam em meus ouvidos. Continuar lendo

1997 => Blur larga o britpop e lança sua obra-prima homônima

blur 1997A batalha com o Oasis quase acabou com o Blur. Em 1995, o álbum The Great Escape, exageradamente produzido, não fez nem sombra ao retumbante sucesso do concorrente (What’s the Story) Morning Glory?. Tachados de “banda de classe média sem autenticidade”, Damon Albarn e asseclas tiveram de engolir os irmãos Gallagher – os “heróis da classe trabalhadora”. Continuar lendo