Contos e afins => Carta a um certo músico experiente e diferente

flyer acústico

(Foto: Guilherme Mattar)

O que que você pensava? Que que pensava quando saiu de casa rumo a cidade grande?

Vi você dizendo que nunca sentiu seu lar como lar. Que seu lugar era noutro lugar. Um sentimento bastante universal – todos têm hora ou outra. Só que você parecia genuíno. Genuíno no expressar. Aí me pergunto: como faz pra ter tanta certeza? Continuar lendo