Beija-Flor no Alto da Glória => A curta passagem de Dadá Maravilha pelo Coritiba (1983)

dario-no-coxaDario foi um dos maiores goleadores que nosso futebol já viu. Tricampeão mundial com a Seleção de 1970 e brasileiro com Atlético-MG (1971) e Internacional (1976), o rapaz marcou 926 gols na carreira, suficientes pra botá-lo no top 5 de matadores tupiniquins, atrás de Túlio (1.000), Romário (1.002), Friedenreich (1.239) e Pelé (1.284).

Além de Galo e Colorado, Dadá Maravilha também colecionou passagens por diversos outros times. Entre eles, o Coritiba. Continuar lendo

Anúncios

Copa Sulamericana de 2016 => Com Wilson soberbo, Coritiba quebra tabus históricos e vence Belgrano na Argentina

coritiba-belgrano-sulamericanaCórdoba, 28 de setembro de 2016. Oitavas de final da Copa Sulamericana.

Wilson sai da pequena área e se dirige à marca da cal, tentando intimidar Luna. Desde que a série de penalidades começou, o goleiro do Coritiba fez isso em todas as cobranças do Belgrano. Por ora, nenhum sucesso. Continuar lendo

Brasileirão de 1998: a campanha mais legal do passado recente do Coritiba

coritiba 1998Fui uma criança de sorte. Logo no primeiro ano frequentando estádios de futebol, 1998, vi meu time do coração chegar aos playoffs do Campeonato Brasileiro – o que, convenhamos, não era nada fácil se você torcia por um paranaense. Continuar lendo

Campeão brasileiro de 1985, Toby trocou o Coritiba pelo vice Bangu no ano seguinte

tobyQuando pensamos em Toby, os termos Coritiba Campeonato Brasileiro de 1985 logo surgem à mente. O ex-meia, afinal, foi fundamental na maior conquista da história do Coxa, obtida sobre o Bangu. Mas há outra página bastante curiosa na biografia boleira do rapaz.

Na temporada seguinte ao título, Dorival Mateus da Costa trocou o Alto da Glória justamente pelo clube de Moça Bonita, onde permaneceu até 1989. Continuar lendo

Coritiba x Ponte Preta: a prova dos nove na Copa do Brasil

coxa x ponteA partir desta quarta-feira (27), às 19h30, Coritiba e Ponte Preta começam a decidir uma vaga às oitavas de final da Copa do Brasil 2015. Será a terceira vez que os dois se encontram na competição. Até agora, cada um levou a melhor em uma oportunidade. Continuar lendo

Londrina, 1977: o primeiro paranaense no Top 4 de um Brasileirão

londrina 77Nos tempos da ditadura, o Campeonato Brasileiro implementou os regulamentos mais malucos da história do futebol. Inchado, o meninão era repleto de fases, repescagens, chaveamentos e mata-matas.

Confusões à parte, foi justo numa destas edições estrambólicas (1977) que o Londrina mostrou a força da bola paranaense. Recuperou-se de um início conturbado, deixou grandes pelo caminho e se tornou o pioneiro do Estado a ficar entre os quatro melhores de um Nacional. Continuar lendo

Sicupira => o ídolo do Atlético-PR que quase jogou no Coritiba

Sicupira_170114120829Barcímio Sicupira fez história com a camisa 8 rubro-negra. Atuando pelo Atlético-PR entre 1968 e 1975, conquistou o título paranaense de 1970 e tornou-se o maior artilheiro do clube em todos os tempos, com 158 gols. Ah, também foi o goleador-mor nos estaduais de 1970 (20) e 1972 (29).

Apesar da identificação com o pessoal da Baixada, por pouco o rapaz não figurou no escrete de uma certa equipe do Alto da Glória, ainda no juvenil. Continuar lendo

1960 => moedinha tira Coritiba da Taça Brasil

coritiba x gremio Taça Brasil 1960Dizem que há coisas que só acontecem com o Botafogo. Frase de verissimilhança inegável. Engana-se, porém, quem pensa que o divino reserva infortúnios estrambólicos somente à Estrela Solitária. Em 1960, foi o Coritiba que acabou agraciado com uma dessas anedotas do destino futebolístico. Continuar lendo

Paraná Clube, anos 90 => Quando os deuses da bola caminhavam sobre a Vila Capanema

paranitoAs constantes lutas do Paraná Clube pra fugir do rebaixamento à Série C costumam desanimar a torcida nos dias de hoje. Mas nem sempre foi assim. Houve um tempo em que o Tricolor prendia e soltava no futebol estadual, figurando bem na elite tupiniquim enquanto Coritiba e Atlético-PR pagavam os pecados. Continuar lendo