Antes de se tornar lenda no Botafogo, Nílton Santos tentou a sorte no Fluminense

nilton-santos

Arquivo Público do Estado de São Paulo. Memória Pública – Jornal Última Hora.

Não é à toa que Nílton Santos batiza estádio onde o Botafogo fez casa. Em General Severiano (e na Seleção Brasileira), o mancebo virou o maior lateral-esquerdo já visto pelo mundo da bola.

Acontece que a bela história bem podia ser outra. Pois antes do Fogão, a Enciclopédia tentou a sorte no Fluminense. Continuar lendo

Anúncios

Pé frio? Fluminense já ganhou título com Mick Jagger torcendo no Maracanã

mick jaggerToda regra tem exceção. Por mais mau agouro que Mick Jagger traga ao universo boleiro, já teve quem burlasse a gélida circulação de seus pisantes.

E no Brasil, ainda por cima. Continuar lendo

O dia em que o Paraná eliminou o Fluminense da Copa do Brasil – em jogo único

paranito fluRio de Janeiro alagado. Apenas 302 pessoas desafiam o tempo feio e povoam as arquibancadas do Maracanã. Por lá, Fluminense e Paraná Clube se enfrentam pela primeira fase da Copa do Brasil de 1998. Continuar lendo

São Marcos I, o elegante primeiro goleiro da Seleção Brasileira

marcos carneiro de mendonçaO primeiro ídolo do futebol nacional não foi Friedenreich. Sequer tinha função ofensiva, aliás. Sofria com problemas nos pulmões e arritmia cardíaca na juventude. Só jogaria bola se encontrasse um posto no qual não precisasse correr. Pois assim fez o arqueiro inaugural da história da Seleção Brasileira. Continuar lendo

1960 => moedinha tira Coritiba da Taça Brasil

coritiba x gremio Taça Brasil 1960Dizem que há coisas que só acontecem com o Botafogo. Frase de verissimilhança inegável. Engana-se, porém, quem pensa que o divino reserva infortúnios estrambólicos somente à Estrela Solitária. Em 1960, foi o Coritiba que acabou agraciado com uma dessas anedotas do destino futebolístico. Continuar lendo

Paraná Clube, anos 90 => Quando os deuses da bola caminhavam sobre a Vila Capanema

paranitoAs constantes lutas do Paraná Clube pra fugir do rebaixamento à Série C costumam desanimar a torcida nos dias de hoje. Mas nem sempre foi assim. Houve um tempo em que o Tricolor prendia e soltava no futebol estadual, figurando bem na elite tupiniquim enquanto Coritiba e Atlético-PR pagavam os pecados. Continuar lendo