1001 grandes álbuns desse mundão (parte 33)

sarah jane absence 2019Boa parte – aliás, a maior parte do material que configura a minha lista dos 1001 grandes álbuns desse mundão – vem de décadas deveras anteriores ao momento musical atual. Só que agora, ora pois, pra variar, resolvi, embora a representatividade da parte 33 mantenha o panorama médio do projeto, ora pois, pra variar, quero exaltar um exemplo atual, que acabou de sair do forno. Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 14)

blood sugar sex magikPrivilegiando discos do início de suas respectivas décadas, preenchi a nova sequência dos 1001 grandes álbuns desse mundão \o/

Nesta parcial, o mote é a segurança. Busquei trabalhos que conheço – e gosto – há um bom tempo, principalmente os dos anos 1980 e 1990.

Exemplos:

Boy eu ouço desde criança (sem trocadilho).  Use Your IllusionKill ‘Em All Ten chegaram na puberdade/adolescência, cada qual num momento específico, enquanto Blood Sugar entrou na fase adulta e fincou lugar imutável nas esferas super-superiores das minhas preferências audiófilas. Culpa do auge de John Frusciante…

Pois bora encerrar o prólogo e conferir a parte 14 inteira?  Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 10)

thelonious monk brilliant cornersQuando o projeto é longo, nem mesmo virada de ano é obstáculo.

Chegamos hoje à parte 10 da saga com a certeza de que, se muitos trabalhos bons já entraram no panteão, ainda rola espaço de sobra pra várias novas pérolas.

Forrado de jazz e altas doses de rock anos 1960, principalmente, eis o último post dos 1001 grandes álbuns desse mundão em 2017: Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 1)

1001-pt-1

Tem Bebeto Zimmerman aí no meio, djow!

Era uma vez um guri chamado Guilherme, 17 anos, perambulando pela Fnac. Depois de tanto correr olhares na livraria, eis que ele descobre a primeira edição de 1001 discos para ouvir antes de morrer. Adorou. Continuar lendo

Slash, Myles Kennedy, violões e a melhor versão de Back From Cali

slash myles kennedy acousticEnquanto o Brasil lambia as feridas da derrota pra Holanda na Copa do Mundo de 2010, e Dilma Rousseff ainda era candidata à presidência da República, Slash percorria o globo divulgando seu álbum homônimo.

Num destes compromissos, o eterno guitarrista dos Guns n’ Roses sacou o violão e, ao lado do gogó de ouro Myles Kennedy, fez um especial intimista no dia 15 de agosto:

The MAX Sessions, na Austrália. Continuar lendo

Guns n’ Roses, 1987 => Rara entrevista mostra banda na era Appetite for Destruction

guns n roses 1987A formação clássica do Guns n’ Roses ficou conhecida nos anos 80 como a banda mais perigosa do mundo. Rótulo que diz muito sobre os hábitos digamos ~~não-ortodoxos~~ aos quais os músicos se submetiam.

Mas o que tanto Axl Rose, Duff McKagan, Izzy Stradlin, Slash e Steven Adler aprontavam? Se você é desses curiosos, deixo abaixo uma pista. Continuar lendo

As 10 melhores músicas desconhecidas do Guns n’ Roses

guns n rosesCriador de power ballads preciosas e hits ferozes, o Guns n’ Roses garantiu um terrenão bacana no Olimpo do áudio.

Fã confesso, aproveitei minhas milhas acumuladas de hard rock e montei a lista abaixo. São 10 canções memoráveis executadas pelos caras, que acabam passando batido perto das Sweet Child O’Mine Don’t Cry‘s da vida.

Confira: Continuar lendo

15 covers pra se ouvir de varde por aí

cover versionVivemos num mar de releituras. Pensando nisso, o It’s not only Rock foi atrás de 15 interpretações interessantes feitas por artistas mundão afora, as quais muitas vezes até demoramos a saber da existência. Continuar lendo

Nirvana toca o terror no Video Music Awards de 1992

vma 92Ao longo de sua era dourada, a MTV registrou muitos, muitos momentos que ficaram impressos na história da cultura pop.

Tipo a apresentação do Nirvana no Video Music Awards de 1992.

Aprontando coisas difíceis de irem ao ar atualmente, o grupo só faltou fazer chover por lá. Continuar lendo