Grandes álbuns da humanidade brasileira => Dois (Legião Urbana, 1986)

legião urbana dois“Ao passo que estamos nos distanciando do referencial externo – governo, política, Estado, poluição -, neste segundo a gente está superinteriorizando. Não temos mais músicas como ‘Soldados’ e ‘O Reggae’, porque a gente já falou daquilo ali. Não vou ficar a vida inteira falando da escola. Agora estamos falando do relacionamento emocional e afetivo das pessoas. No primeiro disco, a gente teve que bater na porta com muita força. Com o segundo, a gente pode falar as coisas sem precisar ficar gritando, porque a porta já está aberta”. Nestas palavras, o líder da Legião Urbana definiu Dois, logo após o lançamento do álbum. Continuar lendo

Prime Rock Brasil 2019 => Artistas consagrados mostram satisfação com proposta do festival

legião urbana_prime rock brasil 2019

Ao lado de Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, André Frateschi canta as composições que ficaram marcadas na voz de Renato Russo. Foto: Guilherme Mattar.

Um ano depois do pontapé inicial, o Prime Rock Brasil retornou ao local onde tudo começou: a Pedreira Paulo Leminski. Levado a outras praças país afora, o festival voltou a Curitiba no último sábado (7), respaldado pelo sucesso da proposta de reunir nomes consagrados do pop rock nacional. Sucesso refletido no comportamento dos próprios artistas no palco, desenvoltos, felizes com o projeto e a demanda da plateia. Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 34)

que país é este 1978 1987_legião urbanaChegamos a dezembro de 2019… Dá pra acreditar? Há não muito atrás, parecia que a Copa do Mundo do Brasil e as Olimpíadas do Rio eram coisas absurdamente distantes no horizonte. Agora os Jogos de Tóquio se aproximam. Tóquio! Dois mil e 20! O tempo corre rápido demais…

Eis então a última parte da lista mil-e-úmica do ano. Aproxima-se o marco 700 da empreitada. Mas… Isso é conversa pra 2020. Dois mil e 20! Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 30)

murderer's home alan lomaxSeiscentos! A lista alcança agora sua sexta centena. Como diria o filósofo Cerginho da Pereira Nunes: DOIDERA!

Mantive o panorama normal das coisas, misturando décadas e estilos, trazendo desta feita um registro historicamente bem relevante: Murderer’s Home. Trata-se de uma compilação de gravações feitas pelo etnomusicólogo Alan Lomax, na primeira metade do século XX. Continuar lendo

Com André Frateschi regendo plateia da Live Curitiba, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá mostram força da discografia da Legião Urbana

2018_11_legião urbana

(Foto: Guilherme Mattar)

Não tem jeito: a Legião Urbana é o maior conjunto da história da música brasileira. Não do rock. Não do pop. Da música nacional como um todo, mesmo. Nem a ausência corpórea do líder Renato Russo diminui tal fato.

Pelo contrário. Sua falta é que salienta o estofo da obra legionária. Pois Dado Villa-Lobos Marcelo Bonfá conseguem, apenas eles da formação clássica, fazer a maioria da plateia cantar absolutamente todas as canções executadas na Live Curitiba. De cabo a rabo. Das mais herméticas aos hinos mais inapeláveis. Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 3)

legião urbana doisMais um mês que se inicia, mais uma parte da lista batuta (maluca, também) que este blog se dispôs a empreitar \o/

O destaque da vez vai pro BRock, muitíssimo bem representado através de discos seminais de bandas deveras importantes do nosso cancioneiro.

Sem mais delongas, eis 1001 grandes álbuns desse mundão:

Parte 3. Continuar lendo

1001 grandes álbuns desse mundão (parte 1)

1001-pt-1

Tem Bebeto Zimmerman aí no meio, djow!

Era uma vez um guri chamado Guilherme, 17 anos, perambulando pela Fnac. Depois de tanto correr olhares na livraria, eis que ele descobre a primeira edição de 1001 discos para ouvir antes de morrer. Adorou. Continuar lendo

Química: o melhor e pior de Renato Russo

renato russo aborto eletricoDia desses resolvi criar vergonha na cara e assistir, enfim, Somos tão Jovens. Fã de Legião Urbana, tinha a curiosidade de saber como seu embrião, o Aborto Elétrico, e a Turma da Colina seriam retratados.

Enquanto via o filme, uma cena chamou a atenção: o momento em que Renato Russo vai ao ensaio da banda e apresenta Química aos colegas. Continuar lendo