Black Sabbath toca setlist clássico na Pedreira Paulo Leminski, mas quem brilha é a banda de abertura, Rival Sons

sabbath-rival-sonsOzzy não tava legal. Desafinou/perdeu a voz a rodo. Alguém na plateia até soltou um desgostoso “meeeu deus” durante Iron ManGeezer Butler, em contrapartida, manteve a classe no baixo, tranquilão. Já Tony Iommi, inspiradíssimo, tocou sua guitarra com maestria ao longo de 1h40min, num setlist da The End Tour que priorizou o magma da era Osbourne frente ao Black Sabbath.

Inicialmente programada pros pesados ingleses de Birmingham, a noite na cheia Pedreira Paulo Leminski (23 mil de público) acabou sendo, na real, d’outra banda. De Long Beach, Califórnia:

Rival Sons. Continuar lendo

Anúncios

Black Sabbath => a fila de cinema que mudou os rumos da banda

sabbath“Estranho as pessoas pagarem tanta grana pra ver filmes de terror, né”. A declaração de Geezer Butler, dada ao reparar o tamanho da fila disposta a ver a película Black Sabbath, estrelada por Boris Karloff, despretensiosamente mudou os rumos da maior banda de rock pesado da história. Continuar lendo

Judas Priest ofusca Ozzy e Motörhead e rouba a cena no Monsters Tour de Curitiba

monsters tourQuem foi à pedreira Paulo Leminski na terça-feira, 28, motivado por Lemmy Kilmister e Ozzy Osbourne (meu caso) teve uma grata surpresa na etapa curitibana do Monsters Tour – e justo no intermédio das apresentações dos dois. Em grande forma, Rob Halford provou que, ao contrário do que Paul Stanley apregoou ao G1, é possível cantar ainda melhor com o passar do tempo. Continuar lendo

Ozzy Osbourne => O Madman sensato (e hilário)

ozielComo você se sentiria sendo aconselhado por um cidadão que abusou do álcool e das drogas por 40 anos? Provavelmente não o levaria muito a sério, presumo. Mas e se as palavras do citadino fossem estranhamente sensatas e até fizessem sentido? Pois é isso que o leitor de Confie em Mim, eu sou o Dr. Ozzy vai encontrar: uma inesperada e divertida sabedoria calcada na (sobre)vivência. Continuar lendo