Grandes álbuns da humanidade brasileira => Rock Sensacional (Bolão e Seus Rockettes, 1958)

bolão e seus rockettes rock sensacional 1958O rock and roll surgiu no Brasil de modo semelhante ao ocorrido nos EUA, berço da revolução cultural propiciada pelo inédito poder aquisitivo gozado pelos jovens do pós-guerra. As primeiras canções do gênero lançadas aqui, em compacto, a partir de meados da década de 1950, basicamente reliam o que pintava na América do Norte. Fenômeno comum ao ocorrido, adiante, nos discos cheios que vieram a ser produzidos em território nacional.

Uma das atrações que melhor sintetizaram esta mudança estético-social, no Brasil, foi Bolão e Seus Rockettes. Capitaneado pelo saxofonista paulistano Isidoro (Osidoro, dependendo da fonte) Longano, popularmente conhecido por Bolão, o grupo cristalizou-se no intermédio entre a simplificação do jazz e a ênfase que as formações enxutas do rock, empregando guitarras cada vez mais chamativas, davam ao ritmo. Os metais ainda estavam lá, como atesta o sax proeminente de Bolão, mas a energia sonora dialogava com o frenesi e sensualidade dos refrões, ganchos e licks diretos da nova música que deixava as big bands para trás. Continuar lendo

Kiss repete roteiro consagrado em show na Pedreira Paulo Leminski e conquista Curitiba

kissVai ter pirotecnia, maquiagem, trajes espalhafatosos. Gene Simmons vai cuspir fogo e sangue. Da guitarra de Tommy Thayer, herdeiro de Ace Frehley, vão sair bombas de artifício. A bateria de Eric Singer vai às alturas, tal qual fazia Peter Criss. Paul Stanley vai fazer um número no meio da galera e depois quebrar seu instrumento, já no fim do show. Show este que vai terminar com Rock and Roll All Nite.

O fã do Kiss está careca de saber o que acontecerá na performance da banda naquele 21 de abril, na Pedreira Paulo Leminski. Há 40 anos é assim. Mas ele não está nem aí. Continuar lendo